Depoimentos

Veja abaixo recados e depoimentos enviados por ex-alunos Moppe:


"A Moppe nos abriu um leque infindável de possibilidades, de escolhas, de experimentos. Por ser uma escola de ensino fundamental, ela nos dá possibilidades de nos desenvolvermos de acordo com nossas próprias habilidades e aptidões. Ao mesmo tempo que te dá oportunidade de participar de uma Olimpíada de Matemática, ela te dá também a chance de visitar um orfanato. Desenvolvem-se aqui tanto o intelecto como o lado humano. Não se formam robôs, formam-se seres humanos capazes de raciocinar e resolver problemas com as próprias opiniões e ideias, seres humanos capazes de desenvolver suas próprias opiniões, serem humanos críticos.
A gente pode perceber o quanto a Moppe se preocupa com cada detalhe. Trocar copinhos descartáveis por bebedouro, por exemplo, pode parecer uma atitude insignificante, mas só nós que já saímos daqui sabemos o quanto esses pequenos detalhes significam no desenvolvimento nossa consciência ambiental. O aluno, convivendo, desde pequeno, com atitudes sustentáveis acaba agregando-as ao seu dia a dia como uma coisa natural; e ter essas atitudes naturalmente é o mais essencial ultimamente.
Outro ponto muito interessante no ensino da Moppe, são as excursões, quando os alunos viajam para lugares onde conseguem "linkar" aprendizado, diversão e postura. Através dessas excursões, os alunos acabam, também aprendendo a ter postura adequada em diferentes ambientes.
Com o passar do tempo, pra nós, a Moppe acabou se tornando muito mais que uma escola, agora ela é como uma pessoa. Sentimos saudades dos professores, monitores, dos porteiros, dos amigos... porque aqui sim conseguimos formar laços, muitas vezes, eternos e muito naturalmente. Mas, sentimos, principalmente, saudades da MOPPE. Não só do espaço físico, mas da atmosfera, do ESPÍRITO MOPPE, do estar aqui e se sentir em casa, Sempre."
MARCELA DOS SANTOS FERREIRA e ANELISA PINTO SALLES DIAS


"A fase que eu passei na Moppe foi a melhor da minha vida! Não aprendi só o que estava na lousa, mas aprendi muito sobre a vida, sobre as boas relações que devemos ter com as pessoas. A Família Moppe é com certeza inesquecível pra qualquer um que já fez parte dela!"
LARA NAGAFUTI DOS SANTOS


"Na Moppe eu fiquei sete anos: comecei na segunda série, quando a escola ainda era na Rua Paulo Becker e tinha uma grande área de areia com brinquedos, uma quadra, a horta da Tia Paloma, a cantina que funcionava numa casinha de bonecas, uma piscina bem pequena e usávamos uniformes laranja-vivo, um tanto quanto exagerados. Me formei na oitava série no ano 2000, mas já estávamos na Urbanova, tínhamos uma grande área de areia com mais brinquedos, uma quadra maior e mais bonita, a horta e mais um viveiro, uma piscina mais elegante e a cantina da Juraci saiu da casa de bonecas para um espaço maior. Mas ainda tínhamos a Lúcia correndo com aquele sorriso atrás da gente. E nossos uniformes já não eram tão chamativos, mas também nós não éramos mais tão crianças.
Hoje estou para me formar em Relações Internacionais na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e arrumando as malas pra estudar uns meses em Nova Iorque. E se eu pensar na minha vida hoje, consigo ver a Moppe refletida em muitos momentos.
A escolha da minha carreira é um deles. Os internacionalistas estudam política, economia, sociologia, história, falam outras línguas e precisam estar atualizados. Foi o que me chamou a atenção e me fez optar pelo curso: a possibilidade de acessar diversos campos do conhecimento sem precisar se fechar em uma só área e assim, me sentir completa. O interessante é que penso em meus tempos de Moppe e o que menos me vem a cabeça são os tempos em que eu estava em sala de aula. Me lembro das peças de teatro que fazia com os amigos, das aulas de dança, das aulas na quadra, das histórias da biblioteca, do que aprontávamos no laboratório e das feiras de Ciências da Eunice, das aulas de música da Zélia e nossa, como eu adorava as aulas de artes! Penso que a minha vontade de entender o mundo saiu daí. Na Moppe eu aprendi a experimentar antes de dar opinião. Tive muitas oportunidades para conhecer tudo e depois escolher o que eu mais gostava. É como diz o velho hino: “na Moppe nos é dada a liberdade de criar”...
Na Moppe fiz amigos preciosos, pessoas que marcaram a minha vida. Umas moram longe e nunca mais vi, outros estão bem perto, mas todos essenciais na minha história. Sim, se me perguntam da Moppe tenho poucas lembranças da sala de aula, mas passaria horas contando histórias sobre os amigos, as situações divertidas e angustiantes que passamos juntos. As horas de estudo na sala de aula também foram muito válidas pois hoje estou colhendo frutos muito bonitos, mas é como diz o velho hino: “na Moppe descobrimos um mundo colorido”...
E tudo isso pode ser resumido em um episódio recente da minha vida. Depois de duas semanas de estudos intensos em São Paulo sem ver meu pai que mora em São José, saímos os dois para jantar e colocar as novidades em dia. E no meio da conversa ele me falou o seguinte: “Você não vai acreditar no que eu fiz essa semana... Estava colhendo jabuticaba na sua avó e eu lembrei que quando você estudava na Moppe, você sempre levava jabuticaba pra Paloma. Então eu separei um saco de jabuticaba e fui lá. Era o mesmo rapaz na portaria. Eu perguntei pela Paloma e por sorte ela estava vindo. Quando ela me viu e viu o saco de jabuticaba, ela chorou e eu também. Ela me disse que tinha pensado em você a semana inteira”. É como diz o velho hino: “e ainda aprendemos como é bom saber amar”...
Frente à tudo isso, eu sou só agradecimento."
MARIANA GOMES - 7 anos de Moppe

"Faz já 11 anos que deixei de ser ALUNA Moppe... O tempo passa rápido demais, mas ainda parece que foi ontem...as festas juninas, as fepag's, as festas de final de ano... Os amigos (alunos e professores) estão guardados pra sempre na minha memória. A Moppe foi uma época muito feliz. Tenho certeza de que tudo continua igual, que todos são amigos e tenho certeza de que: NA MOPPE NOS É DADA A LIBERDADE DE CRIAR E AINDA APRENDEMOS COMO É BOM SABER AMAR!!!
A Moppe faz 25 anos... Quando comecei a "estudar" na Moppe, éramos duas criancas. Eu, com 1 ano e meio e a Moppe com 2... Crescemos juntas. Não há palavras capazes de expressar a alegria, a harmonia, a experiência única de ser parte da Moppe. Só quem estuda ou estudou é capaz de saber. Você não aprende somente com os professores, mas também com todos os funcionários: da faxina (quem não se lembra da Tia Cida??) até aos da secretaria, todos estão dispostos a ajudar, ensinar e a compartilhar bons momenos com os alunos. A Moppe é na verdade uma grande família!!! É bom poder dizer: tenho Moppe no meu sobrenome!!! Obrigada pelos belos 11 anos em que estive ai. Obrigada por tudo!!! E Parabéns pelos 25 anos!!!"
NATACHA TEIXEIRA LIMA DOS SANTOS - 11 anos de Moppe
 

"O que dizer sobre essa escola? Quatro anos que parecem poucos diante de alunos com 6...8 anos de Moppe, mas esses anos acabam valendo pela eternidade. Deixei a Moppe na oitava, nao aguentei e dei um jeitinho de voltar a frequentar a escola durante algumas horas por dia com uma oportunidade unica de estágio junto a minha escola tecnica. Mais 2 anos passaram rápido e agora quem diria, 9000km longe de casa, aprendendo novas culturas mundo afora...queria mandar um alô a todos que estavam comigo durante esses anos de Moppe e até mesmo mandar boas noticias aqui do Texas! Grande abraco!"
BRUNO DE CAMPOS OLIVEIRA - 8 anos de Moppe

"Nossa, o que dizer de Moppe, simplismente que foi e sempre será a melhor escola na qual já estudei. Foi a escola que me deixava feliz em qualquer momento, a escola em que pude ser amigo dos professores, faxineiros, orientadores, porteiros, monitores, nossa! Agradeço muito a vocês por terem feito de mim quem sou hoje. Um grande abraço do eterno aluno moppino ou moppiano (eis minha dúvida)."
OLIVIER VINÍCIUS DE MORAIS - 2 anos de Moppe


"Bom, eu estou na 8ª série, moro em Jacareí. Estudei na Escola Moppe no começo da minha 4ª série. Eu era a única menina da sala...! Foi uma experiência muito boa, pois esutdei com a professora Paloma. Sempre que tinha algum problema havia várias professoras ao meu lado para me ajudar. Sou muito grata por saber o que eu sei e pelo que eu aprendi na 4ª série. Beijos!"
LUANA FRANÇA VIDAL

 Quer deixar o seu depoimento ? Clique Aqui !

Escola Moppe: Av. Lineu de Moura, 1655 - Urbanova - São José dos Campos/SP
Tel.: (12) 3949-9380 E-mail: moppe@moppe.com.br

Berçário Bambini: Rua Carlos Chagas, 346 - Jd. Esplanada - São José dos Campos/SP
Tel.: (12) 3204-4610 E-mail: bambini@moppe.com.br